expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Incêndio destrói salas de centro comercial de Brusque

0 comentários
Um incêndio no início da tarde deste domingo destruiu três salas e atingiu parcialmente outras quatro de um centro comercial na Rodovia Antônio Heil. No momento, o local estava vazio. Segundo os bombeiros, no prédio não havia lojas, apenas escritórios.

A operação contou com três viaturas e oito bombeiros que gastaram três mil litros de água para conter as chamas. As causas do incêndio ainda são desconhecidas.

Secretaria de Saúde disponibiliza Plantão e Sobreaviso

0 comentários
No período das férias coletivas, de 21 a 30 de dezembro, a equipe da Secretaria Municipal de Saúde (SESA) atenderá em horário de plantão.

Haverá Plantão Presencial nos dias 21 a 23/12, 28 a 30/12 e 04/01 a 08/01, na Unidade de Saúde Alwin Klotz. Os serviços prestados serão realizados por profissionais do setor de enfermagem, médicos e dentistas das 08h às 11h30min e das 13h às 16h.

O telefone de contato para os atendimentos é 3387-7600.

Testes do pezinho em recém-nascidos e vacinas também serão realizados neste período.

Os pacientes que tiverem intercorrências leves como náuseas, vômitos, diarreia, mal-estar, dor ou febre, entre outros, que não caracterizam emergência ou risco de vida podem procurar a Unidade de Saúde, preferencialmente no início da manhã ou da tarde.

Em caso de emergência, o paciente deve se dirigir o Pronto Socorro do Hospital e Maternidade Rio do Testo.

A Secretária de Saúde, Maria Regina de Souza, informa que serão entregues apenas os medicamentos prescritos pelos médicos/dentistas que estiverem trabalhando no plantão, já que a farmácia estará fechada.

“Medicamentos controlados e receitas de uso contínuo não serão dispensadas durante o período. Da mesma forma não será feito nenhum tipo de agendamento para especialistas ou odontólogos no período”, explica.

O atendimento será exclusivamente para a demanda espontânea, em caráter de plantão.

As equipes da Vigilância Sanitária, da Vigilância Epidemiológica e do Setor de Tratamento Fora Domicilio (TDF) também atenderão durante as férias coletivas.

Estarão disponíveis os serviços de plantão presencial e para casos emergenciais.

Fonte: Prefeitura Municipal de Pomerode e site de notícias Portal Pomerode

Mega Sena acumula e deve pagar R$ 100 milhões na virada do ano

0 comentários
Confira os números sorteados: 09 - 28 - 31 - 36 - 37 - 42
Nenhum apostador acertou as seis dezenas sorteadas pela Caixa Econômica Federal, neste sábado, pelo concurso número 1.139 da Mega Sena. Confira os números sorteados: 09 - 28 - 31 - 36 - 37 - 42.

O prêmio acumulado, segundo estimativa da Caixa, chegará a R$ 100 milhões. No próximo concurso, que terá o sorteio no dia 31 de dezembro, a Caixa pagará o valor para a aposta que acertar mais números, mesmo que não alcance as seis dezenas.

No sorteio desta noite, 25 apostas acertaram cinco números e cada uma vai receber R$ 31.748,14. Outras 2.049 apostas acertaram quatro números e cada uma receberá R$ 553,37.

Mulher pula a janela para fugir de assaltantes e chama a polícia em Joinville

0 comentários
A ação de uma mulher de 40 anos terminou com a prisão de dois homens suspeitos de assalto nesta segunda-feira, em Joinville. Ao perceber que a família estava rendida por quatro homens, ela trancou a porta do próprio quarto, pegou o telefone celular, pulou a janela e correu para a casa de uma vizinha.

O assalto foi no bairro Itinga por volta das 5h30min, quando o dono da casa, de 59 anos, saía pela porta dos fundos. Ele foi rendido por dois homens, pelo menos um deles armado.

O cunhado dele, 48 anos, estava em uma área nos fundos e também foi rendido por outros dois homens — um deles com uma arma.

As duas vítimas foram encaminhadas para dentro de casa. Quando o comerciante foi levado a uma das salas, a mulher dele abriu a porta do quarto. Ela não foi vista pelo assaltante e percebeu que havia uma arma apontada para a cabeça do marido. Desesperada, trancou a porta, pegou o celular e pulou a janela.

Enquanto a mulher chamava a polícia, o dono da casa era jogado no chão da cozinha.

O cunhado dele foi jogado em uma das salas, onde dormia um menino de 11 anos, filho dos donos da casa. A filha do casal escutou um barulho e abriu a porta do quarto. Ela viu um homem armado e fechou novamente a porta. Os assaltantes gritaram para ela abrir e ameaçaram atirar.

A jovem foi rendida e colocada no chão, ao lado do pai, que foi agredido. Ele levou uma coronhada na cabeça e vários chutes pelo corpo. A porta do quarto do casal foi arrombada.

Quando a Polícia Militar chegou, os assaltantes conseguiram fugir levando R$ 6,7 mil em dinheiro e cerca de R$ 2 mil em cheques. O dinheiro roubado é todo o movimento de caixa do fim de semana de um estabelecimento comercial do dono da casa.

Dois suspeitos presos

A Polícia Militar, em buscas pela região, encontrou dois homens, de 23 e 24 anos. Com eles foi localizado o celular de uma das vítimas. Eles foram levados à Central de Polícia e prestaram depoimento ao delegado Zulmar Valverde.

— Eles confessaram o assalto e foram autuados em flagrante por roubo e posse de arma — disse o delegado. As armas e o dinheiro não foram recuperados.

Os suspeitos foram levados ao Presídio Regional de Joinville. Outros dois homens continuam foragidos.

Casa ficou revirada

Durante a tarde, ainda era possível ver as marcas deixadas pelos assaltantes. Roupas estavam espalhadas perto de malas, e equipamentos eletrônicos separados para levar. Armários e gavetas foram revirados.

— Eles pediam dinheiro e uma arma. Mas não tenho arma — disse o dono da casa.

Horas depois do assalto, a mulher que pulou a janela já não sabia mais se tinha tomado a atitude correta:

— Me sinto meio culpada de ter feito isso e deixado meus filhos aqui — avaliou a mulher. Mesmo assim, ela agradece que nada aconteceu com eles, e que dois suspeitos foram presos logo depois.

Fonte: Jornal de Santa Catatrina

Bandidos levam R$ 65 mil de malote de lotérica, em Timbó

0 comentários
Dois homens armados levaram aproximadamente R$ 65 mil em dinheiro e cheque de um malote de uma lotérica em Timbó. O assalto ocorreu por volta das 8h45min desta quinta-feira, na Avenida Getúlio Vargas, no Centro da cidade. Os ladrões abordaram um funcionário da lotérica que levava o malote com o dinheiro até uma agência do banco. Os assaltantes estavam em um moto preta. Um deles não usava capacete. A polícia ainda não tem suspeitos.

PF disponibiliza 0800 para tirar dúvidas sobre recadastramento de armas

0 comentários
A Polícia Federal (PF) disponibiliza a partir desta quinta-feira (17) o número 0800 727 3040 para tirar dúvidas sobre recadastramento de armas, 24 horas por dia.

Esta é mais uma ação da Campanha Nacional de Recadastramento de Armas - uma parceria entre a PF e a Associação Nacional da Indústria de Armas e Munições (Aniam) - que teve início em julho de 2009 e termina no próximo dia 31, último dia para regularização das armas.

Depois desse prazo, os proprietários de armas que não recadastrarem ficam sujeitos a penas de 1 a 3 anos de detenção mais pagamento de multa, porque a posse de armas será considerada ilegal.

“Para a PF, é importante que todo cidadão de bem procure registrar sua arma de fogo para estar na legalidade. Por isso, procuramos facilitar ao máximo o acesso da população a este serviço”, disse Roberto Troncon, diretor de Combate ao Crime Organizado da PF.

O recadastramento de armas é obrigatório, gratuito, e é a única forma de garantir o direito de manter a arma em casa.

Pode ser feito pelo site www.recadastramento.org.br, em uma das 2 mil lojas especializadas e credenciadas, nas unidades da PF ou nas mais de 6 mil agências dos Correios espalhadas por todo país.

Os documentos que devem ser apresentados para regularizar a arma são: cópias autenticadas do RG, CPF, comprovante de residência e, se possível, registro antigo da arma. Não é preciso levar a arma.

Todo o cidadão brasileiro ou naturalizado, maior de 25 anos, tem o direito de adquirir até seis armas de uso permitido.

“A Campanha de Recadastramento é uma oportunidade única de regularizar as armas que nunca tiveram registro, até aquelas recebidas por herança ou doação de um amigo”, lembra o especialista em segurança pública Bene Barbosa, da ONG Movimento Viva Brasil e um dos representantes da iniciativa.

A Campanha Nacional de Recadastramento de Armas até o momento já regularizou mais de três milhões de armas, que passam a fazer parte do Sistema Nacional d e Armas da PF (Sinarm).

FONTE: PORTAL POMERODE

Cativa bate São José no duelo catarinense da Superliga Feminina de Vôlei

0 comentários
No duelo catarinense pela Superliga Feminina de Vôlei, a Pauta sofreu a quinta derrota consecutiva na competição, na noite desta terça-feira, dia 22, no Ginásio Forquilhão, em São José. A Cativa/Oppnus, que representa Brusque e Pomerode, venceu por 3 sets a 1 (18/25, 19/25, 26/24 e 25/20).

Foi a segunda vitória da equipe comandada por Rogério Portela na competição. Já as anfitriãs, caçulas do torneio, conseguiram, pelo menos, fechar a participação este ano conquistando seu primeiro set.

Clássico paulista tem vitória do Osasco

Na reedição da final do Campeonato Paulista, o Sollys/Osasco finalmente conseguiu passar pelo Pinheiros/Mackenzie.

O adversário havia batido as atuais vice-campeãs brasileiras na decisão do Estadual, e levou o troco ontem. Mas não foi uma vitória fácil. O duelo só terminou no quinto set, com vitória do Osasco por 3 sets a 2 (32/30, 23/25, 25/19, 21/15 e 15/12).

Outros resultados desta terça-feira: Vôlei Futuro 3x2 Praia Clube, Blausiegel/São Caetano 3x1 São
Bernardo, Minas x Newton Paiva.

Na noite de segunda-feira, o Unilever, atual campeão, abriu a rodada vencendo o Macaé no duelo carioca por 3 sets a 0.


Foto: Flávio Neves Fonte: Diário Catarinense

Ladrões arrombam caixas eletrônicos em Pomerode

0 comentários
Ladrões arrombaram dois caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil no Centro de Pomerode, no Vale do Itajaí, na madrugada desta quinta-feira. Dois homens foram detidos por suspeita de participação no crime, por volta das 2h. A quantia levada pelos ladrões não foi informada.

O furto foi descoberto durante a madrugada, depois que policiais desconfiaram de ligações feitas para o telefone 190, informando sobre um suposto assalto em Blumenau e um acidente de trânsito em Pomerode. Ao tentar checar as informações repassadas nas ligações, a polícia descobriu que se tratavam de trotes.

A suspeita era que as ligações teriam como objetivo despistar os policiais para que os ladrões pudessem praticar crimes na região. A PM intensificou as rondas em ambas as cidades para tentar encontrar pistas da ação dos suspostos bandidos.

Foi quando notaram que equipamentos do banco em Pomerode apresentavam sinais de arrombamento. O gerente da agência foi chamado e confirmou a violação dos caixas. Ele não soube precisar o valor levado.

Prisões

Quando se dirigiam para Pomerode, agentes do Grupo de Respostas Táticas (GRT) da polícia blumenauense abordaram dois homens numa Parati com placas de Joinville. Ambos foram levados à delegacia de Pomerode. O dinheiro não foi encontrado com a dupla.

Diário Catarinense

Funcionamento dos Correios nas festas de Final de Ano

0 comentários
Agências:

Dia 24/12 (quinta-feira): funcionamento até às 12h. Haverá coleta, mas a entrega dos objetos será feita somente a partir da segunda, dia 28/12;

Não haverá prestação dos serviços SEDEX Hoje, SEDEX 10, SEDEX Mundi e Disque Coleta neste dia.

Dia 25/12 (sexta-feira): não haverá expediente nas agências.

Dia 26/12 (sábado): não haverá expediente nas agências.

Dia 27/12 (domingo): não haverá expediente nas agências.

Dia 31/12 (quinta-feira): funcionamento até às 12h. Haverá coleta, mas a entrega dos objetos será feita somente a partir da segunda, dia 04/01; Não haverá prestação dos serviços SEDEX Hoje, SEDEX 10, SEDEX Mundi e Disque Coleta neste dia.

Dias 01/01 (sexta-feira): não haverá expediente nas agências.

Dia 02/01 (sábado): não haverá expediente nas agências.

Nos demais dias, o funcionamento será normal.

Banco Postal:

Não haverá expediente bancário.

Central de Atendimento:

A Central de Atendimento aos Clientes dos Correios — CAC (3003-0100 => Chamadas originadas de capitais ou regiões metropolitanas; 0800 725 7282 => Demais localidades e 0800 725 0100 => Reclamações e sugestões) funcionará normalmente todos os dias, das 8 às 22 horas.

FONTE: PORTAL POMERODE

Confira a ganhadora do carro 0k da promoção de natal da ACIP

0 comentários
A ACIP sorteou dia 24.12 os prêmios da promoção "Natal Premiado Acip 2009" entre os prêmios estava o mais esperado o automovél Uno 0k.

O 1º prêmio, um Carro 0 km foi para Danieli Weiss Pieritz que estava ouvindo o sorteio pela Rádio Pomerode e com expectativa como todos os pomerodenses ,a ganhadora mora na Rua Indaial e comprou no Mocam supermercados.

Foto: Portal Pomerode

Gás amônia vaza em empresa de pescados em Penha

0 comentários
Um vazamento de amônia assustou moradores de Penha no início da tarde deste domingo 20.12. Por volta das 13h, a substância começou a vazar de uma empresa de pescados, perto da Praia da Saudade, no Centro da cidade. O produto em estado gasoso se espalhou pelo ar rapidamente. O Corpo de Bombeiros foi acionado e, com equipamento especial, conseguiu se aproximar do vazamento e fechar o registro. Cerca de 10 casas foram isoladas para a segurança dos moradores. Um funcionário da empresa de pescados foi encaminhado ao Pronto Socorro com dificuldade para respirar.

Saxofonista da banda Os Montanari morre durante show em Pomerode

0 comentários
Fazia meia hora que a banda Os Montanari tinha começado o show, sábado à noite, numa formatura no Clube Pomerode. Ao fim da música Gosto Doce da Paixão, de autoria do próprio grupo, o saxofonista Darci Montanari sentiu uma forte dor no peito, deu um suspiro e caiu no palco. O músico não resistiu a um ataque fulminante e partiu fazendo o que mais gostava. Após a confirmação da morte, dez minutos depois, o grupo decidiu que não poderia parar o show.

- Foi uma forma de homenageá-lo. Nas primeiras canções, dava aquele nó na garganta. Mas ele (Darci) não queria que a gente parasse e nos deu força para continuar a tocar até o fim - conta o vocalista da banda, Eloir Thomaz.

Além de saxofonista, Darci dividia-se nas funções de operador de áudio e motorista da banda. Participou das gravações de 21 LP's e quatro CD's do grupo. Filho do fundador da banda, Bruno Montanari, falecido em fevereiro, era apaixonado pela música desde a infância.

- Ele aprendeu a tocar com o pai, em casa. Fazia muito barulho, não deixava ninguém dormir - relembra, comovido, o irmão Beto Montanari.

Casado com Magali, deixa dois filhos. Natural de Concórdia, estava em Blumenau há 32 anos, desde o ingresso na banda. Ficará eternizado na lembrança daqueles que o conheceram como homem íntegro e pai exemplar. Estes lotaram domingo à tarde o Cemitério Jardim da Saudade para o último adeus. A missa de sétimo dia será sábado, às 19h, na Catedral São Paulo Apóstolo.


JORNAL DE SANTA CATARINA

Petito é eleito presidente da câmara de vereadores de Pomerode

0 comentários
Na segunda feira dia 14/12, foram abertas as inscrições para as chapas proponentes a mesa diretora do legislativo para 2010. Por 5 votos á 4, foi eleito presidente o vereador Hamilton Petito, vice-presidente vereador Arno Muller, 1º secretario vereador Ricardo Campestrini e 2º secretario vereadora Neusa Stoll. Na outra chapa que obteve 4 votos foi proposto para presidente vereador Mauricio Wizniewski, vice-presidente vereador Antenor Zimmermonn, 1º secretario vereador Nélson Fisher e 2º secretario vereador Ivan Falk.

Defesa de Leonel Pavan vai alegar incompetência da Polícia Federal

0 comentários
O advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho vai alegar incompetência da Polícia Federal para indiciar o vice-governador Leonel Pavan (PSDB) na conclusão do inquérito da Operação Transparência. Ele teve acesso ao inquérito na sexta-feira e passou o final de semana em seu apartamento reunido com Pavan, vários assessores e correligionários políticos.

O ex-presidente do PSDB estadualDalírio Beber está tendo participação ativa no exame dos documentos. Reforçou a tese de que não há nenhuma prova contra o correligionário. O inquérito policial encontra-se com o procurador-geral de Justiça, Gercino Gomes Neto, que anunciará quais entre os sete nomes serão denunciados amanhã.

Gastão Filho sustenta que a Polícia Federal não tinha competência legal para fazer a investigação, pois "se crime houve ele é estadual, cabendo à polícia conduzir todo o inquérito". Diz, também, que o delegado que conduziu o inquérito poderia ter esclarecido dúvidas sobre a conduta de Pavan convidando-o para novo depoimento ou fazendo acareações com os empresários Eugênio Rosa da Silva e Marcos Pegoraro, da Arrows Petróleo do Brasil, que requeriam na Secretaria da Fazenda a recuperação da inscrição fiscal cancelada por sonegação fiscal. A dívida da empresa é de R$ 12 milhões com o Fisco.

- Pavan já estava sendo monitorado pela PF quando de seu encontro no Aeroporto Hercílio Luz com os empresários. Se houve entrega de dinheiro, como alega o inquérito, por que os policiais não deram voz de prisão, lavrando o flagrante? - indaga o advogado ao enfatizar que o indiciamento "é fruto de interpretação equivocada do delegado" e denunciar que "tem fita de gravação falsa dentro do processo".

Gastão Filho comentou aquela que está sendo considerada a prova principal do inquérito: a coleção de fotos de Leonel Pavan no aeroporto com os empresários.

- Na foto número um, Pavan está junto dos carrinhos de bagagem no interior do aeroporto. Na dois, aparece na frente do estande da Polícia Civil. Na três, apenas os dois empresários. Na quarta foto, os dois empresários no meio de passageiros. E na foto cinco Pavan também entre populares - disse Gastão Filho.

Com esta descrição, o advogado quer afirmar que as fotos não provam nada. Pavan leu o inquérito e refutou com veemência declarações atribuídas nas gravações de conversas de Eugênio Rosa da Silva.

O empresário paranaense diz que era amigo de Pavan e que o conhecia desde os tempos em que morou em Cascavel. Pavan diz que tinha 17 anos quando a família residiu no Paraná e que jamais teve contato com o empresário. Nas gravações, Rosa da Silva procura vangloriar-se - ainda na versão de Pavan - dizendo que era tão amigo do vice-governador que fora convidado para padrinho de casamento do filho Leonel Pavan Júnior. Além de declarar-se compadre do vice, que teria batizado seu neto.

A defesa está reunindo até detalhes de todo o cerimonial do casamento do filho para contestar as afirmações do empresário. Em relação ao indiciamento da advogada Vanderleia Aparecida Batista, Pavan afirmou que ela trabalhava na prefeitura de Balneário Camboriú e que teve uma única participação neste episódio. Intermediou pedidos de audiência dos empresários ao vice. A conversa que seria considerada a mais contundente envolve os empresários sobre o suposto pagamento de R$ 100 mil para liberação da inscrição. Um deles diz que os olhos do vice "brilharam", fato que Leonel Pavan repele.

Leonel Pavan Júnior também foi investigado. Há suspeita sobre duas empresas patrocinadoras de seu carro no campeonato catarinense de marcas. Como as duas empresas têm débitos na Secretaria da Fazenda, a ação de Pavan foi questionada. O inquérito anexa fotos do carro de corrida com um adesivo de um posto de combustíveis, que contribuiu com R$ 1,5 mil para a competição.

Gastão e Pavan destacam que as acusações no inquérito poderiam ter sido esclarecidas num segundo depoimento ou nas acareações.

- É tudo chutódromo - diz Pavan.

Fonte: diário catarinense

Pavan diz que terá que provar sua honestidade

0 comentários
O vice-governador de Santa Catarina, Leonel Pavan (PSDB), acredita que o inquérito da Polícia Federal (PF) foi direcionado para investigá-lo e não apenas para apurar um crime de sonegação fiscal de combustíveis.

Do seu gabinete na residência oficial, no bairro Itaguaçu, em Florianópolis, onde tem passado os últimos dias tentando contornar a crise, Pavan garantiu que nunca recebeu oferta de dinheiro e lamentou o que considera pré-condenação e interpretação equivocada dos fatos.

Tenso e medindo as palavras, falou ao Diário Catarinese durante uma hora e 10 minutos na sexta-feira. Pela primeira vez, admitiu que poderá não tomar posse em 5 de janeiro por estar fragilizado politicamente.

— Se muitos pensam que o Pavan está ferido e não é candidato (ao governo) estão enganados. Todas as minhas vitórias foram buscadas justamente no período em que eu estava ferido.

Ele também falou sobre questões que envolvem seu nome na Operação Transparência e sua relação de amizade com o empresário Eugênio Rosa da Silva, mas negou que o tenha convidado para padrinho de casamento de seu filho.

Em um momento de descontração, disse que não entende como os empresários Marcos Pegoraro e Eugênio pagariam R$ 100 mil para não terem vantagens já que a inscrição da Arrows Petróleo do Brasil fora cancelada em março pela Fazenda.

Confira a entrevista que o Jornal Diário catarinense fez com o vice-governador

DC — Que argumentos o senhor usa para rebater a denúncia do Ministério Público de violação do sigilo funcional (revelar fato de que tem ciência em razão do cargo e que deva permanecer em segredo, ou facilitar-lhe a revelação)?

Leonel Pavan — O argumento é um só. Eu atendi esses empresários como atendo centenas de pessoas e os encaminhei ao setor competente. Quando vem pessoas para falar de educação, eu encaminho para o setor de educação, quando é saúde, para lá, quando é obras, para o Deinfra. Neste caso encaminhamos para a Secretaria da Fazenda e, todas as vezes que nos procuraram foram encaminhados para o setor competente.

DC — O senhor avisou os empresários que o Ministério Público estava investigando-os? Considera isso uma quebra de sigilo?

Pavan — Qual é a missão de um governador, de um vice-governador? Além de ajudar a governar Santa Catarina, é também atender as pessoas, dar atenção, seja de qualquer setor, isso é o mínimo que se pode fazer. O governo tem secretarias e cabem a estas mostrarem a realidade de cada fato. É o que sempre fizemos e o que sempre vamos fazer.

DC — Isso não configura advocacia administrativa (patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública, valendo-se da qualidade de funcionário)?

Pavan — Então teríamos que fechar os gabinetes do presidente, dos governadores, dos prefeitos, dos deputados. Você não resolve o assunto nos gabinetes de quem comanda. Você designa para cada setor do governo. Por isso tem secretarias. E é da essência do homem público, do político, atender as pessoas. Agora tem que ver o atendimento diferenciado do lícito e do ilícito.

DC —E como avalia a denúncia de corrupção passiva (solicitar, direta ou indiretamente vantagem indevida, para si ou para outro, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem)?

Pavan — A forma como estão colocando por indícios, por conversas de terceiros, por contatos telefônicos de terceiros, por imaginação, nós não aceitamos esse tipo de acusação. Primeiro porque as pessoas estavam buscando o não cancelamento da inscrição e eles diziam que estariam sendo prejudicados e queriam que o cancelamento não ocorresse. Como pode haver ilações sobre o assunto de vantagens oferecidas se foi cancelada a inscrição e até hoje permanece cancelada. Este é o documento, a prova, de que a inscrição foi cancelada (mostra o documento).

DC — Qual a expectativa em relação à defesa do caso?

Pavan - Só tenho duas formas de argumentar: a primeira é o documento que prova que não foi atendido o pleito. E não foi atendido não porque não quisemos, não foi atendido porque eles não conseguiram atender as exigências do governo. O outro documento é a minha palavra contra a palavra de outros.

DC — Quais as evidências que o senhor usará para mostrar que a linha de investigação do Ministério Público e da PF é equivocada?

Pavan — Eu não vou duvidar das ações, do trabalho que eles fizeram até agora. O que duvido é o que falam sobre a minha pessoa. Quando eu era deputado federal e senador no Congresso sempre defendi essas duas instituições porque são muito importantes para a democracia do país. Portanto neste episódio eu coloco um ponto de interrogação: porquê tanto tempo uma investigação em cima do Pavan? Até as pessoas que lá foram ouvidas o objetivo era "Pavan". Ora, porque a Polícia Federal neste caso está preocupada com o Pavan? Eu estava lendo algumas injustiças cometidas nesse país — longe talvez de que eu possa sofrer injustiças — como Ibsen Pinheiro, só depois de 10 anos voltou à vida pública execrado pela mídia, pela Justiça. Alceni Guerra, os proprietários da Escola Base, até uma vida se perdeu depois. Mas tem casos recentes que envolvem pessoas ligadas à Presidência e o tratamento parece ser diferenciado.

DC — O senhor se sente injustiçado com a situação?

Pavan — Estou triste por vários motivos: pelos meus amigos, pelo meu partido, por uma equipe que estava planejando um começo de ano com agenda positiva, com muita força, disposição. Outra é minha família, está sofrendo comigo. Há 12, 15 dias, todos os dias (bate repetidamente na mesa) em cima de um fato que só há indícios. A denúncia que veio aprovar o indício. Isto não quer dizer que eu seja penalizado, que já tenha sido julgado. É apenas o início de um processo em que vou ter que provar que sou honesto. Questionar o tratamento de um vice-governador e de um governador — porque eu estava muitas vezes como governador neste ano — que poderia usar minhas prerrogativas de atendimento, direito de chefe, de um atendimento às pessoas. Eu recebo de 10 a 15 pedidos por dia de agenda. Estamos com quase 300 agendas atrasadas, muitas dessas são para pleitear, para mostrar injustiças, para reivindicar, apresentar projetos e muitas são políticas. A missão de um governador, atender as pessoas.

DC — O senhor disse que precisa provar que é honesto mas isso pode demorar tempo porque a Justiça é lenta. Como fará?

Pavan — Eu espero uma decisão rápida. Sei que muitos processos demoram cinco, 10 anos, e tem milhares de processos, aí se esquece e volta tudo ao normal. Para mim não volta ao normal, eu preciso e falei ao meu advogado para que se faça rápido. Da mesma forma que fui lá (no Ministério Público) prestar o depoimento para ajudar, eu quero que o julgamento seja rápido.

DC — A "subida" do caso para o STJ, com sua posse definitiva, é vista com bons olhos ou lhe traz preocupações?

Pavan — Eu gostaria que isso fosse resolvido de imediato, não dá para deixar lá para frente. Primeiro porque em 1° de abril eu assumo o governo e, ao assumir, eu tenho foro privilegiado, vai para o STJ e pode demorar anos que é o que não queremos.

DC — O senhor teme a exposição nacional que o caso possa ter com a subida ao STJ?

Pavan — Mais do que já fui torturado, esquartejado, sangrado nesses dias não sei se acontecerá mais.

DC — Haverá mais alguma contestação à presença da PF no caso ou isso é etapa vencida?

Pavan — Agora é só na Justiça, não sei definir o que cabe ainda no caso da Polícia Federal.

DC — É possível identificar uma associação da denúncia com o processo eleitoral?

Pavan — Assim como existiram e existem alguns blogs fazendo ilações, soltando fofocas — em um deles eu estava com minha família e minha filha estava lendo e referia-se onde eu fui, a determinado momentos, e eu estava com minha família naquela hora. Pôxa vida, quanta gente coloca coisas imaginando porque alguém telefonou, porque alguém disse, porque alguém viu. Quero acreditar que isso não tenha nada a ver com a disputa eleitoral do ano que vem. Porque agir de uma forma impiedosa — e eu me refiro à exposição de mídia e às ações ocorridas no processo investigatório — pensando em uma eleição antecipada eu teria dúvida se essas pessoas teriam coragem de olhar para os olhos de seus filhos.

DC — Em algum momento o senhor temeu o fogo amigo?

Pavan — Não quero acreditar que isso possa ocorrer entre parceiros. Eu sei o quanto Luiz Henrique sofreu e quanto o Estado perdeu enquanto ele trabalha no Estado e ao mesmo tempo para mostrar que era honesto. Essa dor atingiu a todos. Cada petardo que ele recebia atingia o nosso coração. Eu tenho recebido do Luiz (Henrique) toda a solidariedade.

DC — Como avalia a solidariedade que tem recebido? Alguma surpresa em algum segmento da tríplice aliança?

Pavan — Tenho recebido solidariedade de aliados e de adversários. De fora de Santa Catarina, de políticos, de não políticos e de pessoas que sequer conheço. Quero destacar aqui a solidariedade pública do governador Luiz Henrique. Jamais poderemos imaginar que algum parceiro, principalmente da tríplice aliança pudesse fazer alguma coisa nesse sentido porque nós, todos fortes, juntos, já é uma eleição difícil. Qualquer um de nós fragilizados, perdemos. Tenho colocado o seguinte: eu forte no governo a campanha será uma eleição de morro abaixo. Nós separados e feridos é uma eleição morro acima e com picareta. Será difícil.

DC — Esse episódio tem impacto na sua pretensão de uma candidatura em 2010?

Pavan — O PSDB é um partido forte, unido, que tem consistência, temos militância, e nossos objetivos continuam. E reitero o que sempre disse: não vou buscar minha candidatura para ter poder, vamos buscar dentro de critérios. Um deles será quem tiver melhor viabilidade eleitoral, pesquisa. Sempre disse, mesmo antes desse episódio que qualquer um dos parceiros poderá ser candidato. Nós vamos buscar o nosso direito e vou exigir dos meus parceiros o respeito por mim como tenho por eles.

DC — A sua posse está mantida em 5 de janeiro e depois o senhor assume definitivamente no dia 1° de abril?

Pavan — Comentei que assumo definitivamente dia 1° (de abril), a agenda está mantida. Essa questão do dia 5 (de janeiro) nunca foi uma exigência nossa. É um desejo do governador e de uma conversa do governador e de Leonel Pavan. E o governador nunca mudou aquilo que ele sempre disse. Quero dizer os seguinte: que este episódio aqui vai me fazer com que na semana que vem eu converse com meu partido e vamos reanalisar essa questão entre assumir, estar num governo interino e estar governando sob o fio da navalha. Assumir o governo definitivamente em 1° de abril vou assumir. Esta etapa interina e que ainda está o processo em julgamento é uma questão que vou discutir com o meu partido e com Luiz Henrique. Fiz uma reflexão forte de que o Estado de Santa Catarina tem que estar acima de qualquer vaidade política, de qualquer desejo pessoal. Como não busco o poder pelo poder, mas temos a missão de completar os quatro anos como um governo em destaque no Brasil, tenho que refletir. Vou refletir. Vou conversar com o meu partido e conversar com Luiz Henrique sobre as duas fases, uma interina e a outra que vou assumir definitivamente. É um período em que milhares de pessoas estão vindo para SC, início de um ano de planejamento, de atividades, de mudanças que estamos prestes a implementar com agenda positiva que, primeiro é dar continuidade a tudo o que vem sendo feito, então tu tem que ter força para dar continuidade ao governo de Luiz Henrique e segundo é implementar as tuas ideias em um ano de período eleitoral, então você entra interinamente, no fio da navalha e, ao mesmo tempo, disputando espaço para ser candidato.

DC — E que proposta o senhor leva ao partido?

Pavan — Eu quero debater, quero estudar, assim como a gente está fazendo todos os dias com amigos, companheiros, com Vinícius Lummertz, com Dalírio Beber, discutindo projetos. Passamos ao longo desses meses com professores da ENA, com representantes do governo, com autoridades internacionais e nacionais, com equipes de governo que deram certo como Minas Gerais, em São Paulo do José Serra, do Geraldo Alckmin, buscando ideias, para dar continuidade e para dar avanço em novas metas e para projetar para ao futuro. Sou o líder do meu partido. A candidatura do Pavan não pertence mais a mim. Pertence ao meu partido, aos meus liderados, aos deputados, à executiva. Focamos a questão segurança e fomos buscar experiências internacionais e, muitas delas já estão em andamento com equipamentos de tecnologia, de ponta em Santa Catarina, coisas que vão dar certo. A saúde, tão logo depus, subi para uma audiência com o Gercino (Gomes Neto, procurador-geral de Justiça do MPE). Ele foi muito atencioso comigo. E nós não fomos discutir o assunto que eu lá estava. Fui falar com ele para juntos acharmos soluções para a área da saúde. Temos hoje filas enormes em alguns hospitais e não é porque o Estado não tem recursos, mas porque não tem profissionais. Existem profissionais que estão de licença-prêmio, licença-temporária ou férias e nós temos que substituir essas pessoas e nós pretendemos fazer um limpa-corredor, acabar com as filas, dar um choque. Ele foi receptivo nessa nossa ideia.

DC — O senhor não se sente confortável de assumir o governo interinamente?

Pavan — Eu, Leonel Pavan, tenho programas, propostas para assumir, tenho equipe, estamos prontos para assumir mas quero colocar acima da vaidade, dos projetos pessoais, das vaidades, interesse do Estado. O governador será Luiz Henrique da Silveira, eu seria interinamente, sendo que um período eu estaria, na ausência do Luiz Henrique, de férias, de licença, eu estaria interino. Temos que ver se ele pode prorrogar, vamos discutir. É uma discussão que ainda quero fazer e vou falar com Luiz Henrique, assim como ele sempre falou comigo. Sempre me procurou, seria injusto eu tomar qualquer decisão sem antes falar com meu partido e com Luiz Henrique.

DC — Se for o melhor colocado, enfrenta a eleição?

Pavan — Aliás as últimas pesquisas minhas me colocam em situação privilegiadíssima. Pesquisas recentes, mas isso não pauta a minha vida. Vamos ser pautados sobre candidatura lá na frente. A decisão de ser ou não candidato é só em junho e nós não vamos nos precipitar. Se muitos pensam que o Pavan está ferido e não é candidato estão enganados. Todas as minhas vitórias foram buscadas justamente no período em que eu estava ferido. Quero dizer: cada vez que eu fui dar um passo a mais na minha vida pública aconteceram casos inusitados. Muitas vezes denúncias e acusações feitas próximas de eu ser candidato ou ao período eleitoral, quando terminava as eleições sequer encaminhavam para a Justiça. Morriam as denúncias. No entanto em todas que foram encaminhadas fui absolvido em todas. Essas coisas têm acontecido muito em minha vida, terem mexido com os meus brios em alguns casos. Esse é um caso que não vai afetar nossas pretensões futuras.

DC — Como o senhor enfrentará o discurso dos adversários?

Pavan — Existe um negócio que a gente tem que enfrentar, são as baixarias, acusações, ilações, difamações em período eleitoral. Temos que enfrentar. Nós não estamos falando que alguém possa usar isso, mas é uma coisa que temos que enfrentar. Eu vou ter que provar. Vou mostrar à sociedade que não é a conversa de terceiros que vai me incriminar. Isso é bem longe do que algumas pessoas estão imaginando.


FONTE: DIÁRIO ONLINE
www.diario.com.br

Incêndio destrói dois apartamentos em Jaraguá do Sul

0 comentários
Um incêndio no 10º andar de um edifício no Centro de Jaraguá do Sul, no Norte do Estado, destruiu dois apartamentos por volta das 15h30min deste sábado. O jogador de futsal Falcão, da Malwee/Cimed, é um dos moradores do prédio. A residência do atleta não foi atingida pelas chamas.

Segundo informações preliminares do Corpo de Bombeiros, o fogo teria começado no apartamento de um casal que havia viajado para a praia. As chamas se alastraram para o apartamento ao lado, onde estavam três moradores.

Um deles foi resgatado pelos bombeiros por dentro do prédio e os outros dois por um socorrista do Grupamento de Resgate Aéreo (Graer) que estava em um helicóptero Águia da Polícia Militar (PM).

— As chamas estavam a uma parede das vítimas, que estavam na sacada. Se não fossem resgatadas logo, poderiam morrer queimadas — relata o comandante do Corpo de Bombeiros em Jaraguá do Sul, Robson Manske.

As três vítimas foram levadas ao hospital com intoxicação pela fumaça, mas não sofreram ferimentos. Cinco viaturas de combate a incêndio foram mobilizadas para conter o fogo, que só foi extinto após três horas de trabalho dos bombeiros.

O major do Graer, Nelson Henrique Coelho, conta que em 18 anos de atividade esse foi o primeiro resgate feito de helicóptero de um prédio em chamas. Por conta da altura, o resgate não poderia ser feito com o auxílio da escada magirus, que tem no máximo 24 metros, já que o prédio deve ter 40 metros de altura.

Vistoria

No domingo, uma equipe da Celesc e do Corpo de Bombeiros deve fazer uma vistoria no edifício, já que o prédio está interditado. Os moradores só foram autorizados a retirarem alguns pertences.

O edifício foi construído há pelo menos oito anos, tem 42 apartamentos e cerca de 120 moradores. Durante o incêndio, cerca de 50 pessoas estavam no prédio.

Incêndio assustou moradores

O engenheiro eletricista Eduardo Luiz Gomes, que mora no sexto andar do edifício, conta que ele e mulher Beatrice sentiram um forte cheiro de fumaça quando foram avisados pela porteira do prédio que um apartamento no 10º andar estava pegando fogo.

O alarme de incêndio foi acionado, mas não funcionou, então Eduardo e outros moradores passaram a bater de porta em porta para avisar os moradores para que saíssem do prédio.

No primeiro andar do prédio, mora o jogador de futsal Falcão, que saiu rapidamente do seu apartamento com a esposa e os dois filhos. O atleta escutou o estouro de vidros e ao sair na sacada do apartamento viu o penúltimo andar do prédio em chamas.

— Ficamos muito assustados, mas ainda bem que todos foram salvos — lembra o jogador, que na pressa saiu descalço do edifício.

Fonte: Diuário online

Pomerode recebará R$ 5 milhões para a execução de obras

0 comentários
No dia 09.12, o engenheiro civil do Ministério da integração Nacional SEABRA Guimarães, vistoriou os locais onde estão previstas as obras do projeto de Macro drenagem, Dessasoriamento e Proteção das Margens de Rios e Ribeirões de Pomerode.

Na parte da manhã o engenheiro se reuniu com o prefeito de Prefeito de Pomerode e com o secretário de planejamento, Dieter Weegue e com Eduardo pandolfo engenheiro civil, para discutir assuntos sobre o projeto.

No mês de julho deste ano, o prefeito Paulo e o Secretário de Planejamento enviarão o projeto a Brasília com o objetivo de implementar obras de prevenção de enchentes e inundações.

Agentes de saúde receberão certificados

0 comentários
Na sexta-feira 11.12 às 14h, a Secretária Municipal de Saúde realizou o encerramento e a entrega dos certificados as agentes de saúde de Pomerode. A entrega foi feita pelo prefeito Paulo Maurício Pizzolatti pelo Dr Gilberto Gonsalves e pela diretora de enfermagem, Maira Herzog.

Os 35 agentes de saúde atenderão todo o munbicípio de Pomerode apartir do dia 11 de janeiro de 2010. os agentes concluirão este ano o curso de capacitação introdório, inicial e continuado que abrangeo diversos temas como: política do SUS, visita domiciliar, territorialização e mapa entre outros temas como doenças, aulas de informática.

AMMVI elege a nova diretoria para o ano de 2010

0 comentários
A AMMVI está sob o comando do prefeito de Apíuna, Jamir Marcelo Schmidt, o prefeito de Busque está na vice presidência e o prefeito de Pomerode Dr Paulo Mauricio Pizzolati vai assumir o cargo de segundo vice presidente. A eleição da nova diretoria foi realizada no dia 08.12 na cidade de Blumenau.
Os novos membros da diretoria da AMMVI vão assumir os cargos no dia primeiro de janeiro de 2010.
Durante a última seção do ano, os prefeitos discutirão assuntos relacionados ao movimento econômico da região, saneamento básico, resíduos sólidos, enceramento de exercício e aprovação do Orçamento da entidade para o ano de 2010.




Horários das coletas de lixo em Pomerode

0 comentários
Dia
Hora início
Roteiro

24 de Dezembro (Quinta-feira)

Coleta normal de quinta (24/12) e antecipada de sexta-feira (25/12).
04h da manhã
Pomerode Fundos, Ribeirão Areia, Supermercado Gumz até o final da Rua Luiz Abry, Rua Jerusalém, Centro, Rua XV e transversais, RuaTesto Alto, Rua Progresso e transversais

25 de Dezembro até 01 de Janeiro
NÃO HAVERÁ COLETA

HORÁRIO DE COLETA DO LIXO ORGÂNICO:

Dia
Hora início
Roteiro

24 de Dezembro (Quinta-feira)
04h da manhã
Roteiro normal de quinta-feira.

26 de Dezembro (Sábado)
06h da manhã
Roteiro de sexta-feira (25/12/2009)

28 de Dezembro a 30 de Dezembro
Normal
Normal

31 de Dezembro
04h da manhã
Roteiro normal de quinta-feira

02 de Janeiro
06h da manhã
Roteiro de sexta-feira (01/01/2010)


Audiência Pública apresenta diagnóstico da realidade habitacional em Pomerode

0 comentários
A segunda Audiência Pública da elaboração do Plano Local de Habitação de Interesse Social que foi realizada no dia 12.12 sexta – feira, na Câmara municipal de Pomerode onde foi apresentado o diagnóstico da realidade habitacional do município de Pomerode. O plano foi construído através da análise dos dados que envolvem a política e habitação local.
Os trabalhos iniciarão a seis meses e Agentes Comunitários de Saúde realizarão o Censo Habitacional”. O levantamento de algums dados está ainda sendo feito e será divulgado mais tarde.
O plano em si foi elaborado no ano passado e no mês de outubro de 2008 foi feita a primeira audiência pública que mostrou o que era e quais as finalidades do plano. A empresa Logos de Itajaí participou da licitação e auxiliou na elaboração do projeto.

Moradores do Médio Vale fazem abaixo-assinado para impedir a proibição de circulação de ônibus intermunicipais no Centro de Blumenau

0 comentários
A decisão da prefeitura de Blumenau de proibir a circulação de ónibus intermunicipais no Centro de Blumenau para depois fazer a instalação de corredores de ónibus não conteve protestos de cidades vizinhas como Pomerode que juntas com outras cidades juntarão 10 mil assinaturas em um abaixo-assinado para tentar impedir a implantação da medida, que, segundo o prefeito de Blumenau é irreversível.

A associação dos Estudantes Universitários de Pomerode recolheu 3.559 assinaturas que foi entregue na tarde do dia 18 de dezembro aos vereadores de Blumenau, prefeito e diretoria do seterb na tentativa de sensibilizá-los.


As cidades que não tem as associações de estudantes oficializadas também se mobilizaram. Em Indaial, o vereador Andersom Luiz dos Santos (PP) liderou o movimento, com a coleta de 5 mil assinaturas contra o projeto. Em Gaspar também dois vereadores tomarão a frente do protesto e recolherão 2 mil assinaturas.


Sem cogitar mudança nos planos, a prefeitura de Blumenau aguarda a assinatura do contrato e liberação de verba para implantar os
corredores de ônibus. A previsão é que a obra comece no início de fevereiro. A Rua 7 deve se a primeira a receber a faixa exclusiva para ônibus.

Prefeitura Municipal de Pomerode recebe prêmio Top Turismo da ADVB

0 comentários
A Prefeitura Municipal de Pomerode recebeu na noite do dia 10/12, em solenidade no Parque Beto Carrero World, o Prêmio TOP TURISMO 2009, da ADVB/SC [Associação de Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil/ Seccional Santa Catarina].

A Prefeitura de Pomerode foi contemplada com o case POMERODE: O DESTINO-REFERÊNCIA DO TURISMO ÉTNICO-CULTURAL CATARINENSE, que enfatizou a preservação da cultura germânica através de projetos, eventos e ações da administração municipal.

Receberam o prêmio em nome do município, a vice-prefeita Gladys Dinah Sievert Knaesel, o Presidente do COMTUR, Maurício Bruns, e as Majestades da 27ª Festa Pomerana.
Também esteve presente na solenidade a Assessora Técnica em Turismo, Michele Greuel.

A vice-prefeita Gladys quebrou o protocolo e fez um breve discurso, agradecendo também ao trade turístico pelas ações realizadas em Pomerode.

“Receber o Prêmio TOP TURISMO ADVB 2009 vem reconhecer e consolidar todo o trabalho do município de Pomerode em prol do turismo na cidade.

Esse prêmio é mérito da Administração Municipal, da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, do trade turístico e de toda Pomerode”, diz Claudio M. Krueger, Secretário de Turismo, Cultura e Esporte de Pomerode.

O prêmio pode ser atribuído a forte presença cultural encontrada em Pomerode, evidenciada pelos museus, pelo artesanato típico e pela arquitetura enxaimel.

Além disso, os eventos são planejados como forma de preservar a tradição e a cultura trazida pelos imigrantes.

O Curso de Qualificação, o Concurso de Jardins Residenciais, o Seminário Regional de Turismo e o Programa de Iniciação Turística Escolar são alguns exemplos de ações planejadas e executadas pela administração pública, muitas vezes em parceria com entidades privadas, relacionadas com o aperfeiçoamento do turismo na cidade, e co-responsáveis pelo aumento de 30% no número total de visitantes entre os anos de 2006 e 2008.
Foram premiadas as seguintes empresas, em ordem alfabética:

ABAV/SC – Associação Brasileira de Agências de Viagens
Case: Bem receber o turista em Santa Catarina

Fashion Hair
Case: Uma perspectiva ao Turismo de Eventos

Florianópolis e Região Convention & Visitors Bureau
Case: Turismo de Eventos – Resultado de impacto na economia catarinense

Green Valley
Case: A grande conquista! “Um samba diferente e ousado”

Ironman Brasil

Case: Ironman Brasil

Prefeitura de Pomerode
Case: Destino-referência do Turismo Étnico-Cultural Catarinense

Recanto das Águas Resort & SPA
Case: Visão empreendedora e contribuição para o turismo de eventos em Balneário Camboriú

Restaurante Ostradamus
Case: Na Rota das Ostras

SC Mais – Marketing Turístico
Case: Seja bem-vindo: de rosas a sandálias, a estratégia catarinense para encantar o turista

Vila Germânica
Case: Oktoberfest 2009 –Tradição, alegria e geração de riqueza

O objetivo do prêmio TOP TURISMO, que está em sua segunda edição, é reconhecer, incentivar, destacar ideias, iniciativas e ações, públicas e privadas, que contribuem para a imagem, preservação, incremento e a consolidação do Turismo em Santa Catarina.

A novidade deste ano foi a escolha do Top One, para o case que alcançou a maior nota entre os jurados: o evento Ironman Brasil.

FONTE: PORTAL POMERODE - WWW.PORTALPOMERODE.NET

Pizzolatti faz balanço das ações de seu mandato

0 comentários
Mais de quatrocentas lideranças de todas as regiões do Estado participaram em Blumenau, no último sábado, dia 05 de dezembro, de um encontro com o deputado federal João Pizzolatti.Na oportunidade, foi apresentado um balanço dos quinze anos de mandato parlamentar. O encontro foi coordenado pelo filho do deputado, o publicitário João Alberto Pizzolatti Neto, que apresentou em números a aplicação do dinheiro liberado em Brasília, as principais atuações, as novidades, como o novo site, o novo sistema de comunicação e relacionamento do deputado Pizzolatti com os eleitores e o informativo do parlamentar.Márcio Lieberbaum, da M3 Marketing Político, do Rio de Janeiro, veio especialmente falar sobre os processos eleitorais. Ele já coordenou importantes campanhas no país, como do ex-presidente Itamar Franco e do ex-governador Antony Garotinho.Mais de 20 prefeitos de diversas regiões do Estado além de vereadores, secretários municipais, líderes comunitários e imprensa marcaram presença no encontro.Em seu discurso, o deputado federal João Pizzolatti se disse feliz pela oportunidade de celebrar estes 15 anos ao lado daqueles que acreditam em sua proposta de política de resultados. "Este encontro reúne parte dos meus amigos e queremos continuar juntos com todos vocês. Sou um soldado do Partido Progressista e é claro, como qualquer filiado estou à disposição para depois desta, que deverá ser a última eleição como deputado federal em que concorro, possa seguir com outros projetos e, para isso, conto com o apoio de todos vocês", disse ele, sendo aplaudido pelos presentes.

1.300 pessoas prestigiam o 3º Käferfreunde

0 comentários
No domingo, dia 6/12, no Pavilhão de Eventos da Festa Pomerana, foi realizado o 3º Käferfreunde, prestigiado por 15 Clubes, dos mais distintos estados brasileiros. Ao todo, 307 veículos foram exibidos ao público presente. Mais de 1.300 pessoas prestigiaram o evento.Foram arrecadados mais 500 kg de alimentos não perecíveis, que serão entregues ao Centro de Convivência Pommernheim.Foram entregues troféus nas seguintes categorias: Veículo Mais Antigo, RatLok, Mais Longe, Original, Personalizado e para os três maiores grupos.A atração foi abrilhantada com três apresentações do Grupo Folclórico Alpen Bach.

história de Pomerode

1 comentários
Assim como diversas cidades brasileiras, Pomerode surgiu com a imigração alemã no Brasil, em 1861, com a chegada dos primeiros imigrantes. A criação da colônia, estrategicamente entre Blumenau e Joinville, foi incentivada pelo grupo do Dr. Hermann Blumenau, para que fortalecesse o comércio entre ambas. Os lotes de terras foram divididos entre os imigrantes, que passaram a se dedicar às produções de arroz, batata, fumo, mandioca, feijão e na criação de animais. Com a chegada do século XX, pequenas indústrias se instalaram na região, com destaque para as de porcelana.

A maior parte desses imigrantes alemães vieram da região histórica da Pomerânia, situada entre o norte da Alemanha e Polônia e de onde se origina o nome do município. Os pomeranos são descendentes de uma mistura de povos germânicos e eslavos e, desde o século XII, quando passaram a fazer parte do Sacro Império Romano-Germânico, sofreram um processo de germanização de seu idioma e costumes. Quando chegaram ao Brasil, os pomeranos não se identificavam como sendo alemães, pois possuíam características culturais distintas porém, com o passar do tempo, acabaram se incluindo entre os alemães.

Dentre os diversos grupos de alemães que imigraram para o Brasil, os pomeranos formaram uma minoria e por isso, quando chegavam ao Brasil, mesclavam-se com outros grupos de alemães, o que contribuía para perder sua herança cultural. Apenas em três localidades brasileiras os pomeranos formaram a maioria dos imigrantes, contribuindo assim pela manutenção dos seus costumes: em Santa Maria de Jetibá, no Espírito Santo, São Lourenço do Sul, Morro Redondo e Arroio do Padre, no Rio Grande do Sul, e em Pomerode.

Com o fim da II Guerra Mundial, a maior parte da Pomerânia foi anexada à Polônia e uma pequena parcela ficou na Alemanha, chamada de Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental. Muitos pomeranos se refugiaram na Alemanha Oriental ou imigraram para outros países, com isso, acabaram por perder grande parte de seus costumes. De fato, o Brasil tem mais falantes da língua pomerana do que a própria Alemanha.

No Brasil, a II Guerra Mundial também foi decisiva para a nacionalização dos imigrantes alemães: o presidente Getúlio Vargas, após declarar guerra contra a Alemanha, proibiu o uso da língua alemã no País, além de proibir a construção de casas sob arquitetura germânica ou manifestação da cultura da Alemanha. Isso afetou Pomerode e todas as colônias alemãs do Brasil, que passaram a se abrasileirar.

Ao todo, 300 mil brasileiros são descendentes de alemães pomeranos.

Idiomas
80% dos habitantes de Pomerode são descendentes de alemães pomeranos e a maior parte dos moradores são bilíngües: falam o português juntamente com o pomerano (Pommersch ou Pommersch Platt, em alemão),

Ao lado do dialeto alemão Hunsrückisch, também conhecido como Riograndenser Hunsrückisch, o Pomerano é o falar germânico mais difundido entre a população teuto-brasileira.

Turismo
Por toda a cidade estão espalhadas casas com típica arquitetura germânica enxaimel, restaurantes de comida alemã e festas das tradições germânicas preservadas pelos seus moradores.

Fotos da cidade mais alemã do Brasil

0 comentários

Acidente entre carro e caminhão deixa dois feridos em Joinville

0 comentários
Um acidente entre um caminhão e uma Parati, por volta da 1h30 da madrugada de sexta-feira para sábado deixou dois feridos em Joinville. Os dois homens, que ainda não tinham sido identificados quando foram levados para o Hospital São José, tiveram lesões nas pernas. O motorista tinha suspeita de fratura nas costelas, por causa do impacto com o volante.

A batida foi no cruzamento da avenida Marquês de Olinda com a rua Ottokar Doerffel, no bairro Atiradores. O sinaleiro estava aberto para ambos.

Segundo a Polícia Militar, o caminhão, que vinha, no sentido Centro - BR 101, pela Ottokar, virou à esquerda, para entrar na Marquês - manobra que é permitida. A Parati, que estava também na Ottokar, acertou em cheio a cabine do caminhão.

Samu e Bombeiros fizeram socorro às vítimas, que foram imobilizadas. O motorista do caminhão não sofreu danos, mas estava bastante assustado.

Acidente com cinco veículos deixa um morto no Vale do Itajaí

0 comentários
O sábado começou violento na BR-470, em Gaspar, no Vale do Itajaí. Pelo menos dois acidentes já foram registrados na rodovia até esta manhã. A última colisão aconteceu às 7h30min, no quilômetro 38. O acidente envolveu um ônibus, dois carros — um Clio, de Pomerode, e um Passat, de Apiúna — e dois caminhões.

Edson Szabelski, 33 anos, condutor de uma carreta, com placas de Itajaí, morreu com o choque. Já o motorista do caminhão Mercedes Benz, de Gaspar, que ainda não foi identificado, ficou gravemente ferido, assim como Estrela Kath, 58 anos, ocupante do Clio.

Dos 44 passageiros do ônibus da empresa Blumentur, de Blumenau, um sofreu lesões leves. Os demais não se machucaram. A pista ficou interditada por duas horas no local.

Outro acidente, às 4h10min deste sábado, matou Rodrigo Maba, de 21 anos. Ele bateu o Gol que dirigia, com placas de Gaspar, em um caminhão Mercedes Benz, de Penha.

Sobe para 13 o número de mortes nas rodovias catarinenses neste fim de semana

0 comentários
A pedestre Lucimar da Rocha Martinello, de 51 anos, morreu após ter sido atropelada na BR-101, em Maracajá, no Sul do Estado, por um Gol com placas de Laguna.

O acidente aconteceu no sábado às 8h10min, no km 401. Lucimara foi levada em estado grave ao Hospital Regional de Araranguá, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois. O condutor do veículo, Flávio Policarpo Júnior, 21, teve lesões leves.

Com esse acidente, passa para 13 o número de pessoas mortas nas rodovias catarinenses neste fim de semana.

Fim de semana violento

Em Imbituba, Sul de Santa Catarina, um motociclista morreu na BR-101 neste domingo. O acidente foi por volta das 6h no km 293 da rodovia. Edson Pacheco, 45 anos, dirigia a Honda Tornado, com placas de Garopaba, quando saiu da pista e morreu na hora.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, ele teria caído dentro de uma lagoa às margens da BR-101. O corpo de Edson foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Tubarão.

No sábado outras 11 pessoas perderam a vida nas estradas, seis delas em único acidente. Por volta das 20h, a batida entre um carro e uma motocicleta causou a morte de Luiz Carlos Fagundes, de 42 anos, na SCT-285 em Turvo, no Extremo-Sul do Estado.

Às 19h30min, em Balneário Camboriú, no Litoral Norte, o ciclista José Lopes Silva, de 25 anos, morreu após ser atingido por um Vectra no km 131 da BR-101. O condutor do carro fugiu do local.

Por volta das 18h30min, o motociclista Rogério Pereira Azevedo, 21 anos, morreu quando tentava fazer um retorno sobre o canteiro da BR-101 em Araquari, no Norte. Ele estava numa motocicleta Dafra, com placas da cidade, e foi atingido por um Vectra que perdeu o controle quando o motoristas se assustou com uma manobra do motociclista.

Em Gaspar, no Vale do Itajaí, o condutor de uma carreta morreu depois de envolver-se num acidente com outros quatro veículos no km 38 da BR-470 por volta das 7h. Edson Szabelski, 33 anos, dirigia o caminhão com placas de Itajaí e não resistiu aos ferimentos. Outros dois ocupantes de outros veículos envolvidos tiveram ferimentos graves.

No km 37,3, Rodrigo Maba, de 21 anos, morreu ao bater o Gol que dirigia de frente contra um caminhão por volta das 4h. O motorista do veículo atingido, com placas de Penha, Marcelo Genésio de Borba, 39 anos, sofreu lesões leves.

Seis morrem em único acidente

Na ocorrência mais grave registrada no sábado, seis pessoas morreram na BR-116 em Papanduva, no Planalto Norte às 0h10min.

Os quatro ocupantes de um Voyage com placas do município — Bruno Eduardo Mirek, 20 anos, Mateus Lando, 21, Ricardo Daniel Vieira, 21, e Willian Premole, 21 anos — e outros dois que estavam em uma caminhonete S-10 de Lages — Hélio Tadeu Neto, 45 anos, e Edson Buratto, 51 — morreram no local.

O motorista de uma carreta de Limeira (SP), também envolvida na batida, Aristeu Taborda, 57 anos, saiu ileso.

Segundo informações preliminares, o Voyage e a S-10 seguiam no mesmo sentido. Os veículos teriam colidido e a caminhonete acabou arremessada contra o caminhão, que vinha no sentido contrário. Com o impacto, o carro em que seguiam os jovens pegou fogo. Todos os ocupantes do Voyage e da S-10 morreram no local.


DIARIO.COM.BR

JEC conquista Recopa Sul-brasileira e embolsa R$ 30 mil

0 comentários
O Joinville conquistou a Recopa Sul-Brasileira ao vencer na manhã deste domingo, dia 13, a equipe do Serrana, do Paraná, por 3 a 2. O jogo foi no Estádio Domenico Paolo Mettidieri, em Votorantim, interior de São Paulo.

O JEC abriu o placar com Lima, numa cobrança de pênalti. O empate do Serrano foi aos 43 minutos do primeiro tempo, com Rocha. No segundo tempo, o Tricolor voltou a estar na frente, com um golaço de cobertura de Ricardinho.

O time do Paraná acordou e empatou novamente aos 40, com Robinho. A vitória do Joinville, veio nos acréscimos, aos 47 minutos, com um gol de Lino. Com o título, o JEC ganhou um prêmio de R$ 30 mil. O vice ficou com R$ 10 mil.

O JEC se garantiu na Recopa com a conquista do título da Copa Santa Catarina. A competição teve início neste sábado, em Votorantim. Participaram o Porto Alegre (RS), que foi eliminado ao perder por 6 a 2 pelo JEC, e o Votoraty, derrotado por 2 a 0 pelo Serrano-PR.

Foi a terceira conquista no torneio por um time de Santa Catarina. Em 2007, o Marcílio Dias foi campeão e, em 2008, quem faturou foi o Brusque.

Ficha Técnica

Joinville (3)
André; Claudemir, Samuel e Carlinhos Santos; Douglas, Welton, Ricardinho, Leandro Costa e Marcelo; Rafael Bitencourt (Lino) e Lima (Edinho).
Técnico: Sérgio Ramires.

Serrano (2)
Val; Jonatan, Índio, Anderson e Bruno Guerreiro; Tiago (Tiaguinho), Rocha, Massai (Chulapa) e Robinho; Welton e Alcimar (Joel).
Técnico: Carlos Nunes.

Gols: Lima aos 9'/1T, Ricadinho aos 16'/2T e Lino aos 47'/2T (Joinville); Rocha aos 43'/1T e Tiaguinho aos 39'/2T (Serrano)
Cartões amarelos: Leandro Costa, Lima e Carlinhos Santos (Joinville); Tiago (Serrano)
Local: Estádio Domenico Paolo Metidieri, Votorantim-SP
Árbitro: Norberto Luciano Santos da Silveira

Campanha Pedágio do Brinquedo, do Grupo RBS, arrecada mais de 100 mil brinquedos

0 comentários
A 10ª edição do Pedágio do Brinquedo arrecadou mais de 100 mil brinquedos em Santa Catarina. No encerramento da campanha, sábado, no bairro Capoeiras, em Florianópolis, mais de mil crianças puderam se divertir e receber presentes.

O ponto alto do evento aconteceu por volta das 16h, com a chegada do Papai Noel. O primeiro a receber o presente do bom velhinho foi o garoto Eric Eduardo, de oito anos, morador da Coloninha, região continental de Florianópolis. Ele ganhou um caminhãozinho e já planejou brincar com ele no quintal de casa.

A menina Natália, de seis anos, do Morro da Caixa, nem quis abrir o pacote na frente do Papai Noel. Disse ter vergonha. Logo depois sentou no meio fio para descobrir a surpresa.

— Que massa! — falou a menina ao ver um jogo com raquetes de ping pong e uma corda para pular cordas.

Durante o evento, que começou às 9h, também foram sorteadas bicicletas.

— Com o apoio da comunidade e dos empresários, conseguimos 14 bicicletas. O bairro é formado por comunidades de baixa renda. Ao ver o brilho nos olhos dessas crianças, a gente se sente gratificado — disse o presidente do Conselho Comunitário de Capoeiras, Bernardino José da Silva.

O Pedágio do Brinquedo é uma parceria do Grupo RBS com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL). Tem o apoio da Polícia Militar e do Serviço Social do Comércio (Sesc), e conta com patrocinadores e apoiadores em todas as regiões do Estado.

FONTE: Jornal Diário Catarinense

Cativa/Opnnus perde para o Sollys/Osasco pela Superliga Feminina de Vôlei

0 comentários
A equipe de vôlei feminino de Brusque perdeu mais uma na Superliga 2009/2010, após ser derrotada também na estreia. Encarando o forte time do Sollys/Osasco neste sábado, dia 12, no ginásio Ralf Knasel, em Pomerode (segunda sede da equipe), a Cativa/Opnnus acabou derrotada por três sets a um: parciais de 25/22, 19/25, 25/20 e 25/21.

A próxima partida da Cativa/Opnnus será na quinta-feira, dia 17, diante do Mackenzie/Newton Paiva. Os times se enfrentarão no ginásio Mackenzie, em Belo Horizonte, às 20h, pela terceira rodada da Superliga.

Confira as acusações e defesas de todos os indiciados pela PF

0 comentários
Enquadrado no inquérito da Polícia Federal em três artigos do Código Penal: 317,321,325 (quebra de sigilo, advocacia administrativa e corrupção passiva)*.
DEFESA
O advogado do vice-governador, Claudio Gastão da Rosa Filho, lamentou que ficou sabendo sobre o indiciamento de Leonel Pavan pela imprensa, em um processo em segredo de Justiça. Nesta quinta o advogado pediu cópia do relatório final do delegado para estudar a linha de defesa. Gastão ressaltou que não constatou nenhum telefonema que indique qualquer crime por parte do vice-governador.

Ele também destacou que quem envolveu o nome do vice-governador no caso será responsabilizado criminalmente e civilmente. O advogado quer que a denúncia seja formalizada o quanto antes para que o processo se resolva no Tribunal de Justiça. Assim que Pavan assumir o governo do Estado, como está previsto para acontecer no dia 5, o processo vai para o Superior Tribunal de Justiça.

Para o advogado, isso geraria um grande prejuízo pela demora no andamento do processo. Em nota, o advogado ainda informou que Pavan poderia ter comparecido à Polícia Federal com um advogado ou poderia ter se calado. Ao contrário disso, foi sozinho e respondeu todas as perguntas do delegado. Também acrescentou que "é muito estranho que essa investigação venha à tona às vésperas de ele assumir o governo".

À noite, a assessoria de imprensa mandou nota do vice-governador, dizendo que Pavan não recebeu comunicação oficial do indiciamento e não se manifestará pessoalmente sobre o assunto pelo segredo de justiça. A agenda de trabalho deverá ser mantida, despachando em seu gabinete, na residência oficial e pessoal, como de costume.

ARMANDO TARANTO JUNIOR
Enquadrado no artigo 321 (advocacia administrativa)
DEFESA O médico não foi encontrado. O DC ligou para a casa de Taranto Junior, mas recebeu a informação de que ele não estava.

MARCOS PEGORARO
Enquadrado no artigo 333 (corrupção ativa)
DEFESA O advogado do empresário, Alexandre Neuber, informou que deve aguardar o posicionamento do procurador do Ministério Público. Segundo o advogado, enquanto não houver denúncia não tem como adiantar a linha de defesa do empresário.

VANDERLÉIA APARECIDA BATISTA
Enquadrada no artigo 321 (advocacia administrativa)
DEFESA Vanderléia não atendeu as duas ligações que o DC fez ao seu celular e não retornou o recado na caixa de mensagens. A assessoria de imprensa da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Itajaí informou que Vanderléia pediu exoneração do cargo de advogada do órgão em 30 de novembro.

PEDRO MENDES E ANASTÁCIO MARTINS
Enquadrado no artigo 321 (advocacia administrativa)
DEFESA Na Secretaria da Fazenda, uma funcionária informou que o diretor geral da Fazenda, Pedro Mendes, estava viajando nesta quinta. O telefonema foi passado para a sala do diretor de administração tributária, Anastácio Martins, mas ninguém atendeu. O colunista Moacir Pereira apurou que os dois fiscais estão em uma reunião do Conselho de Política Fazendária (Cofaz), em Gramado (RS) e retornam nesta sexta-feira.

EUGÊNIO ROSA DA SILVA
Enquadrado no artigo 333 (corrupção ativa)
DEFESA Nem empresário, nem advogados foram encontrados.

* Os enquadramentos constam das folhas 233 e 234 do inquérito. O inquérito é assinado na folha 234 pelo Delegado Luiz Carlos Korff Rosa Filho.

A NOTÍCIA

Vice-governador Leonel Pavan é indiciado pela Polícia Federal

0 comentários
O vice-governador Leonel Pavan (PSDB) foi indiciado pela Polícia Federal (PF) no inquérito da Operação Transparência, que investigou sonegação fiscal no ramo de combustíveis em Santa Catarina. As suspeitas sobre Pavan são de corrupção passiva, advocacia administrativa e quebra de sigilo funcional.

Além dele, outros quatro servidores públicos também foram indiciados: Pedro Mendes, o segundo homem na Fazenda Estadual, Anastácio Martins, diretor de Administração Tributária da Fazenda, Vanderléia Aparecida Batista, advogada da secretaria regional de Itajaí, e o médico Armando Taranto Júnior.

Ainda entre os indiciados estão os empresários Eugênio Rosa da Silva, do Paraná, e Marcos Pegoraro, de Florianópolis, representante da empresa Arrows Petróleo do Brasil, com sede no Rio de Janeiro, que tentava reabilitar a inscrição estadual que havia sido cancelada.

A PF afirma ter provas de que houve corrupção ativa e passiva no governo de Santa Catarina. Ao anunciar os resultados da operação nesta quinta-feira, o superintendente da PF, Ademar Stocker, afirmou que houve pagamento de R$ 100 mil para que um processo que tramitava no Fisco fosse abolido.

— Temos provas consistentes. Os elementos colhidos nos autos têm fortes indícios de que realmente houve corrupção. Só não houve prejuízo ao erário porque houve resistência de bons servidores — afirmou o superintendente.

Leonel Pavan vai comandar Santa Catarina a partir de janeiro

0 comentários
Leonel Pavan (PSDB) será governador do Estado a partir de 5 de janeiro, mesmo que seja denunciado pelo Ministério Público na próxima terça-feira, no suposto caso de corrupção investigado pela Polícia Federal na Operação Transparência.

Quem afirma é o governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB), que deixará o cargo para disputar uma vaga para o Senado. Ele anunciou, em entrevista publicada na edição do Diário Catarinense deste domingo, que vai manter a palavra e transmitir o cargo para Pavan.

— Só há um fato que poderia mudar minha posição: a condenação. A denúncia é apenas uma denúncia, uma nova etapa do processo — disse Luiz Henrique.

O governador disse que confia na inocência do vice-governador e no direito de defesa, pois sempre que Pavan assumiu a direção do Estado teve uma conduta de lisura.

Pizzolatti é eleito Líder da bancada do PP na Câmara dos Deputados, em Brasília

0 comentários
O deputado federal João Alberto Pizzolatti Júnior (SC) foi eleito na tarde desta quarta-feira, dia 09, em Brasília, como o novo líder da bancada do PP na Câmara dos Deputados.

Dos 39 votos, Pizzolatti obteve 31 votos, sendo eleito por aclamação dos presentes.

O cargo vinha sendo ocupado pelo parlamentar baiano Mário Negromonte há quatro anos.

O mandato inicia em primeiro de fevereiro de 2010.

Esta é a primeira vez que um deputado federal catarinense ocupa o cargo na história do Partido Progressista.

O encontro contou com a presença do presidente nacional do partido, Francisco Dornelles e o do ministro Francisco Turra.

Durante a votação, discursos agradecendo o trabalho do deputado Mário Negromonte e votos de felicidade e apoio ao parlamentar de Santa Catarina.


Para o líder Mário Negromonte, a escolha do deputado Pizzolatti transcorreu de forma muito democrática demonstrando que o partido está amadurecido e os parlamentares unidos.

Para ele, Pizzolatti reúne todas as características para ser um líder dinâmico, agregador e conciliador.

O líder elogiou a postura dos deputados Benedito de Lira e Ciro Nogueira que desistiram de concorrer em apoio ao deputado Pizzolatti.

O presidente nacional do PP, senador Francisco Dornelles, compareceu à eleição. Ele elogiou a união da bancada do partido e o trabalho do líder Negromonte, desejando muito sucesso ao líder recém eleito.

O deputado catarinense Odair Zonta afirmou que a bancada de SC está unida e apoiando Pizzolatti.
O deputado federal Ricardo Barros, do Paraná, se emocionou ao falar da união do partido.

O líder na bancada é o canal de comunicação entre o Congresso Nacional e o Palácio do Planalto. É ele quem ajuda a resolver os problemas regionais e participa da pauta de votação da Câmara.


”Com o apoio dos deputados não tenho dúvidas que faremos um bom mandato. O líder da bancada é um facilitador de comunicação, não só entre os congressistas e o governo, mas também com a sociedade”, enfatizou Pizzolatti.

O deputado catarinense garantiu que vai respeitar as decisões da bancada cumprindo a vontade da maioria.

Pizzolatti disse ainda que o Partido Progressista já demonstrou ser um partido de ideias e bandeiras claras e, por isto, conquistou a posição de segundo maior partido do Brasil em números de filiados, segundo em número de prefeitos e terceiro em número de vereadores.

FONTE: Portal Pomerode - www.portalpomerode.net

A equipe de vôlei faz jogo em Pomerode na sexta-feira

0 comentários
Seis atletas da Seleção Brasileira de Vôlei estarão em Pomerode para o segundo desafio da equipe Cativa/Oppnus na Superliga Feminina.

A disputa será no sábado, contra o Solly/Osasco, a partir das 19h, no Ginásio Ralf Knaessel.

Os ingressos custam R$ 6, com meia entrada para estudantes. Os passes serão vendidos no local do jogo somente no dia.

Será uma difícil partida, mas a equipe catarinense está preparada para encarar pela segunda vez a participação na elite do voleibol brasileiro.

Em quadra, Cativa/Oppnus terá nomes como Edna, Tandara, Flavinha, Cláudia, Bruna, Nicole, Puly, Tica, Suelle, Nine, Verônica, Bruna, Luciana e Karine.

Na lista também está a recém-contratada ponteira Juliana Amaral e deverá entrar uma nova atleta no meio-de-rede, ainda a ser definida, para o lugar de Fê Isis, que precisou operar a mão direita depois de um atropelamento em Chapecó (SC) e é dúvida na competição.

O positivismo faz parte da equipe, principalmente por conta do tempo de preparação e conquistas de importantes títulos em 2009, nesta etapa preparatória para o início da Superliga.

Foram superados desafios diante de grandes times nacionais, graças ao empenho das atletas e à garra do técnico Rogério Portela, que tem respirado voleibol 24 horas por dia.

Além de treinar o grupo na parte técnica e tática, ele também conhece a forma de atuação de cada uma das adversárias. Com isso, espera alcançar importantes resultados na competição que começa agora em dezembro.

O jogo em Pomerode será no sábado, depois da estréia do time no jogo em Brusque, na quinta-feira (10/12), diante do Pinheiros/Mackenzie.

A equipe Cativa/Oppnus compete na Superliga pelas duas cidades e por conta disso os jogos serão divididos, sendo realizados no Ginásio Ralf Knaessel e na Arena Brusque.

Jogos de estréia da Cativa/Oppnus na Superliga

10/12 – Cativa/Oppnus x Pinheiros/Mackenzie – 19h30min – em Brusque

12/12 – Cativa/Oppnus x Solly/Osasco – 19h – em Pomerode



A Cativa Têxtil

Presença nacional no setor têxtil, a indústria com sede em Pomerode fabrica aproximadamente 7 milhões de peças todos os anos. É responsável por desenvolver roupas para 12 marcas, entre próprias e licenciadas e já está entre as cinco empresas do setor mais referidas do Brasil. Trabalha para subir este posto e despertar o desejo do consumidor em possuir roupas de qualidade, confortáveis e seguindo tendências internacionais de moda.

As marcas Cativa Têxtil

Cativa; Sá; Tinker Bell; Mickey e sua Turma; Fido Dido; Exco Oil; Cativa Mulher; Cativa Mais; Cativa In Colors; B.Joe e Habana Jack.

FONTE: PORTAL POMERODE WWW.PORTALPOMERODE.NET

Suspeito de matar menina de 13 anos é encaminhado ao presídio de Itajaí

0 comentários
Luís Fernando dos Santos Pereira tem 24 anos e teria cometido o crime por vingança

A Polícia Civil de Itajaí apresentou, na manhã desta terça-feira, o suspeito de ter assassinado uma menina de 13 anos. O homem, de 24 anos, foi preso em flagrante ainda na segunda-feira, na casa onde mora, que fica a algumas quadras do local do crime.

Segundo o delegado da Divisão de Investigações Criminais de Itajaí (DIC), Celso Pereira de Andrade, Luís Fernando dos Santos Pereira, conhecido como Zinho, teria confessado o crime no momento da prisão.

O motivo do assassinato seria uma vingança à mãe da menina, já que ela teria rompido o relacionamento que tinha com ele. O suspeito então foi até a casa da família, encontrou os dois e matou a menina a pauladas e facadas e ainda agrediu o menino de 10 anos.

Zinho foi encaminhado ao presídio da Canhanduba e deve responder por homicídio qualificado e tentativa de homicído qualificado. Ele já tem passagens por furto (quando menor) e por lesão corporal.

O SOL DIÁRIO

Prisão preventiva de Jhony Karsten é suspensa após audiência na tarde desta terça-feira, em Timbó

0 comentários
Suspeito de assassinar Ariana Arndt foi liberado por ter residência fixa e não possuir antecedentes. Karsten faz exame de insanidade mental nesta quarta-feira, em Florianópolis

Após audiência na tarde desta terça-feira em Timbó, foi revogada a prisão preventiva de Jhony Karsten, suspeito de matar a namorada Ariana Donato Arndt, em junho de 2012. 

A decisão do juiz Ubaldo Ricardo da Silva Neto considera que não há mais elementos que justifiquem a prisão para garantia da ordem pública. Segundo o jurista, o suspeito tem residência fixa e emprego, além de ser réu primário. 

Para manter a liberdade, Karsten deverá cumprir condições determinadas pelo juiz como ir ao Fórum todas as sextas-feiras para relato das suas atividades e permanecer em casa durante a noite e aos finais de semana e compareceraos atos futuros  do processo.  

O descumprimento de qualquer medida cautelar resultará em nova prisão de Karsten. Na manhã desta quarta-feira, o acusado complementa o exame de insanidade mental no Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico (HCTP), em Florianópolis.  

JORNAL DE SANTA CATARINA

A música e dança são as principais atrações culturais da festa

0 comentários
Bandas e Bandinhas
A música é dos maiores expoentes da cultura alemã. Na Festa Pomerana, Bandas, Bandinhas e Conjuntos Musicais trazem os ritmos do passado de encontro ao presente, encantando a todos com apresentações de primeira categoria.Diariamente, o som alegre das bandinhas anuncia o clima de festa, tocando também em diferentes pontos da cidade.


Danças folclóricas
O colorido dos trajes, as inusitadas coreografias e a alegria contagiante dos dançarinos são verdadeiros ícones da cultura germânica local. Atualmente, Pomerode possui seis grupos de danças folclóricas. Todos cultivam danças de diversas regiões da Alemanha, com ênfase à Pomerânia, região de onde vieram os imigrantes.


Culto em Plattdeutsch revive a religiosidade dos imigrantes pomeranos

0 comentários


Na manhã do segundo domingo (20), o Pavilhão Cultural da Festa Pomerana sedia um culto religioso em “Plattdeutsch”, dialeto alemão trazido pelos imigrantes e falado até hoje entre os pomerodenses. A celebração reflete a intensa religiosidade dos imigrantes pomeranos e de seus descendentes, além de prestigiar a população que ainda cultiva a prática do dialeto em seu cotidiano.

Desfiles diários da festa mostram as tradições e o dia a dia dos pomeranos

0 comentários

O desfile cultural é um dos momentos mais esperados da programação da Festa Pomerana. É uma oportunidade para os moradores trazerem às ruas, através de alegorias, pequenas representações visuais do cotidiano de suas comunidades, relembrando antigas e atuais tradições de Pomerode.


No cortejo, intercalam-se os membros dos Clubes de Caça e Tiro, as bandas de música, os grupos de danças folclóricas, as rainhas e princesas, grupos de teatro e de canto, os carros de mola e muitas outras atrações.
Horários: 2ª a 6ª feira:19h
Sábados: 18h
Domingos: 9h30

Competições típicas da festa Pomerana

0 comentários


Na Festa Pomerana, é possível se divertir testando habilidades nas competições típicas, que resgatam algumas práticas dos colonizadores. A programação do evento traz uma vasta opção de brincadeiras abertas a todos os visitantes.Os vencedores de cada noite se classificam para as finais e concorrem à  premiação no último domingo da Festa. Para participar, basta se inscrever gratuitamente cerca de uma hora antes do início das provas, no Pavilhão de Competições.


Alles Wurst – É tudo lingüiça: nesta inusitada competição, é preciso comer um salsichão do tipo bock, em tamanho especial de23 centímetros, no menor tempo possível. Provas diárias, nas categorias masculina e feminina.


Schneidermüller (Serrador de Lenha): dois parceiros utilizam uma serra dupla para serrar o tronco de madeira. Vence a dupla que serrar em menor tempo. Provas diárias, nas categorias masculina e feminina.


Holzhacker (Lenhador): o competidor precisa cortar um tronco de madeira com um machado. A classificação ocorre de acordo com o tempo gasto na execução da tarefa. Provas diárias, na categoria masculina para competição e feminina somente demonstração.


Chope em metro: o competidor precisa beber 600ml de chope diretamente da tulipa, sem “babar” ou derramar a bebida. Vence quem cumprir a tarefa no menor tempo possível. Provas diárias, nas categorias masculina e feminina. (Permitido apenas para maiores de 18 anos.)

No Pavilhão das Competições, há também brincadeiras inspiradas nos jogos típicos dos clubes de caça e tiro do Município, com brindes para os melhores rendimentos (participação paga).

Herzschiessen (Alvo do Cupido): com uso de uma arma de pressão, o praticante brinca de cupido, na tentativa de acertar o alvo em formato de coração.


Scheibenschiessen (Tiro ao Alvo): a mais tradicional competição pomerodense. Nela, o praticante tem direito a três tiros, na tentativa de acertar o centro do alvo. O melhor atirador e a melhor atiradora de cada noite são condecorados no Palco das Competições.


Bolão de mesa:  o visitante precisa arremessar uma bola e acertar nove pinos de madeira, que estão presos a uma corda. A brincadeira é inspirada no tradicional jogo de bolão, similar ao boliche, realizado pelos clubes de caça e tiro.

Vogelstechen (Pássaro ao Alvo): o participante arremessa um pássaro de madeira, preso por um pêndulo, na tentativa de acertar o alvo.


POMERODE NEWS

Os números do primeiro final de semana da Festa Pomerana

0 comentários

Festa Pomerana é sucesso de público nos três primeiros dias de festa. Passaram pelos portões do Parque Municipal de Eventos mais de 26 mil pessoas, entre moradores e turistas, na sexta-feira, até ontem e consumiram  53.258 copos de chope . Sábado, ocorreu a 5ª edição do Encontro Nacional de Grupos de Danças Folclóricas e no domingo, no início da tarde, houve Encontro de Bandoneon onde músicos de Pomerode,  Blumenau, Indaial participaram do evento. A festa em Pomerode segue até o dia 21.


Sabado – 12/01
Ingressos.................7.126
Meio Ingresso...........1.309
Cortesia (Crianças)....  425
Trajes  Típicos..........   544
Desfile......................1.000
Total de Pessoas..10.404

Foram consumidos o seguinte:
Copos de Chopp.........27.514
Copos refrigerantes....  4.971
Refeições................... 1.871
Pratos Típicos.............   280
Cucas........................   561
Pães..........................   217
Rocambole.................     28
Competições.............. 1.283

Domingo – 13/01
Ingressos.................7.277
Meio Ingresso...........1.331
Cortesia (Crianças)....  806
Trajes  Típicos..........  133
Desfile...................... 794
Total de Pessoas..10.341

Foram consumidos o seguinte:
Copos de Chopp.........12.848
Copos refrigerantes....  4.942
Refeições................... 2.569
Pratos Típicos.............   439
Cucas........................   360
Pães..........................    79
Rocambole.................     10
Competições.............. 1.315


Divulgação: facebook
> Confira a programação completa da Festa
> Os preços da festa

Com informações do Jornal A Cidade

Ampliação do aeroporto de Navegantes fica para 2018

0 comentários
Demora e burocracia atrasam obra, que deve começar só no final de 2014

Victor Pereira
victor.pereira@osoldiario.com.br
Ampliação do aeroporto de Navegantes fica para 2018  Marcos Porto/Agencia RBS
Foto: Marcos Porto / Agencia RBS
Enquanto o número de passageiros só cresce no Aeroporto Internacional Ministro Victor Konder, em Navegantes, as primeiras grandes obras de reforma e ampliação no terminal de embarque e na pista só devem ficar prontas entre 2017 e 2018. Até lá, já terão passado pelo país a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016, eventos que não estão diretamente ligados a Santa Catarina, mas prometem reforçar o turismo e a economia da região.

O principal projeto para aumentar a capacidade do único aeroporto do Litoral Norte é a construção de uma segunda pista, que esbarra na burocracia para sair do papel. Atualmente, uma empresa terceirizada faz levantamento cadastral, topográfico e de valor dos imóveis situados na área que passará a fazer parte do aeroporto, cerca de 30% dos terrenos ainda não foram desapropriados.

As conversas se arrastam há anos, mas a expectativa da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) é que a análise termine até fevereiro. Depois disso, começam as fases de audiências públicas, ações na junta de conciliação da Justiça Federal e indenizações aos moradores.

O passo seguinte é transferir a área que hoje pertence à prefeitura de Navegantes para a União, que repassará à Infraero. Só então podem começar os estudos de impacto ambiental e planejamento da obra.

- Dinheiro não é problema, o problema é cumprir os ritos formais. Sendo otimista, estamos falando em começar a construção da pista no final de 2014 ou início de 2015. E para concluí-la são mais dois ou três anos - detalha o superintendente do aeroporto de Navegantes, Marco Aurélio Zenni.

O projeto da Infraero de reforma e ampliação existe desde 2009, compreendendo também um novo terminal de passageiros. À época, porém, houve um grande salto no número de passageiros (ver tabela), e o plano foi suspenso por estar obsoleto antes mesmo da execução.

Revisto em 2010 e 2011, a obra pode ser novamente reavaliada pensando na nova demanda. Por enquanto, a previsão é ter a nova pista em formato de V, com aproximadamente 2,6 mil metros (a atual tem 1,7 mil metros), e custo estimado em US$ 100 milhões.

Os recursos vêm da Infraero. Com a reforma, Navegantes poderá receber aeronaves maiores, como o jumbo, e aviões cargueiros, que a atual pista não comporta. A área do aeroporto passará de 750 mil metros quadrados para 3,5 milhões de metros quadrados. 

- A região poderá também exportar produtos, diretamente para a Europa. Será uma nova era para o aeroporto - afirma Zenni.

A demora na ampliação, porém, implica em perdas para a toda região, defende a presidente da Associação Empresarial de Itajaí (ACII), Maria Izabel Pinheiro Sandri: 

-  Aqui no Litoral, temos porto, aeroporto e proximidade com rodovias federais, mas é preciso que os investimentos acompanhem essa necessidade das pessoas - aponta.

Anunciado pela presidente Dilma Rousseff (PT) em dezembro do ano passado, um pacote bilionário para aviação regional deve ajudar no desenvolvimento dos projetos. A primeira etapa compreende 270 aeroportos no país, beneficiados com R$ 7,3 bilhões em recursos.

Em Santa Catarina, 13 terminais, incluindo Navegantes, receberão R$ 363,8 milhões, mas até agora não existe nenhuma informação de como, quanto e quando a verba será liberada.

O plano anunciado pelo governo pode até ajudar na solução dos problemas, mas para o professor Leonardo Specorte Russi, especialista em infraestrutura aeroportuária, a iniciativa veio com atraso. 

- Esse investimento devia ter ocorrido lá atrás, ainda no governo de Fernando Henrique Cardoso - pontua.

Entenda a burocracia
• Em 1996, a Infraero anuncia os planos para a construção de um novo terminal e uma nova pista no aeroporto de Navegantes

• No final do mesmo ano, um convênio é assinado com a prefeitura para a desapropriação de terrenos no entorno, ao custo de R$ 2 milhões

• As desapropriações começam em 1997 e 70% da área é indenizada

• Problemas na prestação de contas entre município e Infraero atrasam a abertura do segundo processo de desapropriação, dos 30% restantes

• Agora, uma empresa terceirizada pela Infraero faz a análise topográfica e do valor dos imóveis e terrenos 

• A União fará o repasse do valor das desapropriações, ainda não definido 

• A área é transferida pela prefeitura de Navegantes à União, que repassa à Infraero 

• Só então podem ser feitos os estudos de impacto ambiental para construir a pista

O SOL DIÁRIO